08/29/18 ~ Gospel MIX

quarta-feira, 29 de agosto de 2018

Em 2018, 240 carros pegaram fogo no Espírito Santo

Clique na imagem para zoom

Só na última terça-feira (28), três carros pegaram fogo na Grande Vitória


Só em 2018, 240 carros pegaram fogo no Espírito Santo, ou seja, mais de um por dia. Panes elétricas e instalação irregular de gás são algumas das causas desses acidentes.
O engenheiro mecânico Everton Luiz Peroni esteve no programa Fala Manhã desta quarta-feira (29) para falar sobre o assunto. "Na maioria das vezes os incêndios são provocados por curtos-circuitos elétricos, ou por acessórios instalados incorretamente, e que não estão dentro do padrão que a montadora oferece". 
Quem costuma instalar aparelhos nos carros devem ficar muito atentos. "Rádios que não são originais e que não são adequados para o veículo, sons instalados incorretamente que podem gerar uma centelha, podem provocar o incêndio", ressaltou Everton.

Três carros pegam fogo em menos de 24 horas na GV



Três carros pegaram fogo na Grande Vitória na última terça-feira (28). O último caso foi registrado na Rodovia do Sol, em Vila Velha. O veículo estava estacionado em centro comercial que fica na região de Coqueiral de Itaparica e o fogo chamou atenção de curiosos.
De acordo com informações de testemunhas, os bombeiros chegaram ao local e estão combatendo às chamas. Não há feridos e um dos moradores acredita que o fogo tenha sido causado por uma falha elétrica. O proprietário do veículo ainda não foi localizado.

Outros dois casos


Na madrugada de terça (28), um veículo pegou fogo em cima da Segunda Ponte, no sentido Vitória x Vila Velha. De acordo com informações, o carro de passeio pegou fogo após colidir com uma mureta de proteção da ponte. O condutor informou para a equipe do Corpo de Bombeiros que perdeu o controle da direção ao tentar desviar de um motociclista.
Horas depois, um outro veículo também foi atingido por um incêndio no sentido Vila Velha x Vitória. Segundo a Central de Videomonitoramento, o carro era antigo e pode ter sofrido alguma 'pane'.





Fonte:folhavitoria

Mais informações »

Terremoto na Nova Caledônia desencadeia pequeno tsunami

Clique na imagem para zoom

Tremor de magnitude 7,1 atingiu a costa do arquipélago situado no Pacífico Sul. Autoridades ainda estão de sobreaviso e monitoram ondas na região


Um forte terremoto de magnitude 7,1 atingiu a costa da ilha de Nova Caledônia, situada no Pacífico Sul, nesta quarta-feira (29), e criou pequenas ondas de tsunami, mas não há relatos de danos, disseram autoridades regionais.
O tremor ocorreu a uma profundidade rasa de 27 quilômetros a cerca de 372 quilômetros ao leste da capital Noumea, informou o Serviço Geológico dos Estados Unidos, estimando uma magnitude inicial de 7,0.
O Centro de Alertas de Tsunami do Pacífico (PTWC) disse que a ameaça de tsunami praticamente passou, mas que nas próximas horas será possível ver algumas oscilações no nível do mar.
As maiores ondas, que não superaram os 30 centímetros, se abateram sobre a ilha principal de Nova Caledônia sem consequências, segundo Olivier Ciry, porta-voz da defesa civil do território francês, por telefone de Noumea.
"Nós o sentimos, e ele foi sentido com mais força nas Ilhas Lealdade", disse. "Houve algum movimento no mar, mas nenhum dano em edifícios, ninguém se machucou e agora já acabou".
Medições feitas em Lenakel, cidade de Vanuatu localizada a cerca de 300 quilômetros do epicentro, registraram ondas de 27 centímetros, disse o PTWC.
O centro havia alertado para o risco de ondas de 30 centímetros a um metro mais altas do que os níveis das marés atingirem ilhas do Pacífico e até Austrália, Nova Zelândia e Papua Nova Guiné, mas ondas desse tamanho não foram registradas.
"Ainda estamos monitorando e de sobreaviso, mas não há nada nas medições de maré por ora", disse Laisenia Rawace, autoridade do departamento de monitoramento sismológico de Fiji, por telefone de Suva.



Fonte:folhavitoria

Mais informações »

9 lugares que ficam no Brasil e você nunca imaginaria

Clique na imagem para zoom

Brasil é o 5° maior país do mundo em questão territorial, ficando atrás apenas da Rússia, Canadá, China e Estados Unidos.
Com um total de 8,51 milhões de km² de extensão, fica fácil termos diferentes paisagens e vegetações.
Nossa fauna e flora é uma das mais diversas do mundo. Dentro de um único país encontramos traços culturais e físicos tão distintos, que é fácil nos sentirmos deslocados dentro de nosso próprio território.
Muitas são as pessoas que amam e separam sempre que podem um dinheirinho para viajar. Mas como vocês também já devem saber, viagens internacionais tem um custo muito elevado.
Mas que tal se sentir em outras partes do mundo, sem ter que gastar tanto assim?
Essa é exatamente a nossa proposta! Conheça agora os 9 lugares no Brasil que se parecem mesmo com lugares estrangeiros!

1- Castrolanda – Paraná

Clique na imagem para zoom
Clique na imagem para zoom
Castrolanda é uma colônia localizada dentro da cidade de Castro, no estado do Paraná. A colônia foi fundada por imigrantes holandeses, que fugiram de seu país natal no início da Primeira Guerra Mundial.
A junção do nome da cidade “Castro”, somada a terminação da palavra “Holanda” foi o que deu  nome ao local.
O ambiente foi todo construído e planejado para ser uma espécie de nova casa para esses imigrantes, e por isso conta com moinhos, e casinhas de arquitetura europeia clássica.

2- Paraty – Rio de Janeiro

Clique na imagem para zoom
Paraty, localizada no interior do estado do Rio de Janeiro, foi fundada em 1667. Toda a sua construção foi inspirada no bairro português Almada, localizado em Lisboa.
A cidade conta com enormes casarões e diversos prédios históricos. O destino fica ainda mais interessante com a junção de belas praias e piscinas naturais.
Que tal fazer uma visita a uma Lisboa ensolarada?

3- Gramado – Rio Grande do Sul

Clique na imagem para zoom
Clique na imagem para zoom
Gramado é um pequeno município do estado do Rio Grande do Sul. Ele foi fundado em 1954, por imigrantes alemães e italianos.
A sua raiz europeia está evidente em sua arquitetura. A vegetação do local também contribui para a construção de uma atmosfera que lembra a estrangeira.
Todos os anos milhares de turistas procuram o local como um refúgio e alternativa aos destinos mais ensolarados. Em determinadas épocas do ano, é possível que neve na região.

4- Jijoca de Jericoacoara – Ceará

Clique na imagem para zoom
Jijoca de Jericoacoara é um município do estado do Ceará. A principal atração do local é a praia de Jericoacoara.
A região é considerada completamente paradisíaca, por esse motivo todos os anos o pequeno município recebe milhões de turistas.
A praia fica localizada a 300 km da capital do estado, Fortaleza. Ali podemos encontrar águas cristalinas, areia fofa e uma paisagem digna de um cartão postal. Por esse motivo o local é conhecido popularmente como o Caribe brasileiro.
A comparação não é para menos, afinal estar em Jericoacoara transmite exatamente essa sensação.

5- Campos do Jordão – São Paulo

Clique na imagem para zoom
Campos do Jordão é popularmente conhecida entre os brasileiros como a “Suiça Brasileira”.
A cidade é considerada o mais alto município brasileiro, por estar localizada a 1 628 metros de altitude. Por esse motivo seu clima é relativamente mais frio do que estamos acostumados a vivenciar em outras cidades brasileiras.
Sua arquitetura é baseada nas construções suíças e alemãs. O conjunto da obra é uma cidadezinha convidativa e com atmosfera estrangeira.

6- Treze Tílias – Santa Catarina

Clique na imagem para zoom
O nome dessa cidade localizada no interior de Santa Catarina, vem de uma árvore típica do Hemisfério Norte : a Tília, que também é comum na região.
Colonizada principalmente por austríacos, sua arquitetura foi totalmente inspirada na região de Tirol.
A nível de Brasil é considerada a cidade mais austríaca de todo o país. Seus habitantes mantem os costumes culinários e culturais de sua terra de origem.
Estar em Treze Tílias, definitivamente é uma experiência diferente da que podemos vivenciar no resto do país.

7- Prudentópolis – Paraná

Clique na imagem para zoom
O município de Prudentópolis está localizado a 173 km da capital do estado, Curitiba. A cidade foi fundada por imigrantes ucranianos que vieram para o Brasil.
Seus fundadores passaram para as próximas gerações os principais costumes de sua terra natal. Em Prudentópolis, quitutes como o Khrin, beterraba com ervas fortes e o Pierogi, uma espécie de pastel recheado com batata e nata, são muito populares.
Na tradicional igreja de arquitetura ucraniana, que fica localizada no centro da cidade, a reza durante a missa ainda é realizada em ucraniano.

8- Holambra – São Paulo

Clique na imagem para zoom
Localizada a apenas 130 km da capital, o município de Holambra é literalmente um pedacinho da Holanda dentro de nosso país.
A arquitetura, variedade botânica e gastronomia é completamente inspirada no país europeu.
Assim como a Holanda, a cidade é conhecida por suas flores. Todos os anos uma série de turistas vem visitar essa região em busca de tranquilidade e novos ares.

9- Maragogi – Alagoas

Clique na imagem para zoom
Maragogi é um município da microrregião do Litoral Norte de Alagoas. A praia local é popularmente conhecida e procurada pelos turistas por se parecer com o caribe.
Lá a água é completamente cristalina, e por conta da enorme barreira de corais que existe a 1000 metros da areia, existem muitas piscinas naturais de águas calmas ali.









Fonte:segredosdomundo

Mais informações »