09/06/18 ~ Gospel MIX

quinta-feira, 6 de setembro de 2018

Prefeitura capacita membros do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher de Aracruz (CMDMA)

Clique na imagem para zoom
Aconteceu nesta terça-feira (04/09), no Salão do Elízio, centro, das 9h às 17h, uma capacitação dos membros que compõem o Conselho Municipal dos Direitos da Mulher de Aracruz. Intitulada “Políticas Públicas das Mulheres”, o evento foi uma iniciativa do próprio conselho com apoio da prefeitura de Aracruz, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social e Trabalho em parceria com a prefeitura de João Neiva.

Participaram a Presidente do CMDMA, Iracema Laranja Milagres, a Presidente do Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Mulher do Estado do Espírito Santo (CEDIMES), Edna Calabrês Martins, a Secretária de Desenvolvimento Social de João Neiva, Lúcia Helena Cunha da Silva, a presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher de João Neiva, Samira Rampineli Nardi, e a Secretária de Desenvolvimento Social e Trabalho de Aracruz, Rosilene Filipe dos Santos.

A Presidente do CMDMA, Iracema Laranja Milagres iniciou as falas dando as boas vindas a todas as mulheres presentes. “Quero agradecer a oportunidade de estarmos aqui. Sejam todas bem-vindas. Trata-se de um evento que a gente tanto esperava. Que o dia de hoje possa ser muito produtivo e que outras ações como essa venham acontecer, pois nossa intenção é que o Conselho se desenvolva cada vez mais. Precisamos de apoio e empenho, tanto do governo quanto de parceiros. Temos que mostrar que a mulher tem poderes e valores que são merecidos”, enfatiza.

Representando João Neiva, a Secretária de Desenvolvimento Social, Lúcia Helena Cunha da Silva comentou sobre a criação do Conselho em seu município. “Quando eu assumi, perguntei se já existia o Conselho Municipal dos Direitos da Mulher na nossa cidade, e me informaram que não. Por sermos mulheres, guerreiras e trabalhadoras, temos que ter nossa representação, ainda mais vivendo em um mundo muito machista, onde não somos valorizadas. Fiquei assustada com a quantidade de processos de Medida Protetiva na minha cidade, mesmo ela sendo pequena. Agora temos essa oportunidade na mão, pois já estamos entrando na eleição”, explica.

A Secretária de Desenvolvimento Social e Trabalho de Aracruz, Rosilene Filipe dos Santos, comentou sobre a criação desses espaços para se discutir os direitos da mulher. Primeiramente quero agradecer nossa presidente que muito tem se empenhado para fortalecer nosso conselho, além da presença das representantes de João Neiva e do Conselho Estadual. É muito importante termos esses espaços, onde podemos discutir o fortalecimento dos nossos direitos. Nós mulheres precisamos nos conscientizar de quanto poder e representatividade temos perante a sociedade. No nosso dia a dia temos uma tripla jornada, educando nossos filhos e indo para a jornada de trabalho. Temos que nos integrar, nos valorizar e trabalhar em nossos filhos essa condição de igualdade. Hoje temos uma bandeira da oportunidade e podemos mostrar para que viemos”, ressalta.

Após as falas iniciais, a Presidente do Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Mulher do Estado do Espírito Santo (CEDIMES), Edna Calabrês Martins, participou de um diálogo com todas as mulheres que compõem o CMDMA, expondo questões referentes às políticas públicas, além de oficinas e dinâmicas. Na parte da tarde, A Dra. Amanda Silva Barbosa, titular da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (DEAM), fez uma palestra sobre feminicídio e a violência contra a mulher.




O Conselho Municipal dos Direitos da Mulher de Aracruz (CMDMA)

O Art. 5º da Constituição Federal diz que é dever do município, do estado, da comunidade e da família, assegurar à mulher a efetivação de seus direitos referentes à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade. Em função disso, foi criado em Aracruz, no dia 23/12/14, por meio da Lei, 3.886, O Conselho Municipal dos Direitos da Mulher de Aracruz (CMDMA).

Trata-se de um conselho paritário, composto por 16 membros, sendo o poder público representado pelas secretarias municipais de Desenvolvimento Social e Trabalho, Saúde, Educação e Planejamento, Orçamento e Gestão. O Conselho continuará promovendo outros encontros em datas a serem definidas.









Fonte:prefeituraaracruz

Mais informações »

Santa Cruz 462 anos: Museu Histórico aberto nesta sexta, sábado e domingo

Clique na imagem para zoom
Nesta sexta-feira, sábado e domingo (07, 08 e 09 de setembro) Santa Cruz irá festejar os 462 de fundação e, além da programação com apresentações culturais, shows e atividades esportivas, outra opção é uma visita ao Museu Histórico de Santa Cruz. O espaço estará de portas abertas durante o feriado e todo final de semana, das 08 às 17h. A entrada é gratuita.
Fundada em 1862, a construção da Casa de Câmara e Cadeia é um dos pontos mais importantes do município, guardando histórias e memórias da ancestralidade do território aracruzense. Hoje, o espaço abriga o Museu Histórico de Santa Cruz, reunindo peças, objetos e fotografias que contam sobre o antepassado da humanidade.

Museu Histórico de Santa Cruz

O Museu Histórico de Santa Cruz, criado pela Lei Municipal nº 3.872 de 17 de dezembro de 2014 localizado no Distrito de Santa Cruz, Aracruz, tem por finalidade a preservação do Patrimônio Histórico, Artístico, Iconográfico e Etnológico do município de Aracruz.
O acervo exposto na inauguração do espaço se constitui de elementos que representam aspectos da trajetória histórica do município, desde seus primórdios, remontando ao processo de colonização e ao encontro de cultura ocorridas no local.

História 

O imóvel ficou conhecido por esse nome porque, inicialmente, acreditava-se que havia sido construído para hospedar o imperador Dom Pedro II durante sua viagem à província.
Desde sua construção até o início do século XX, funcionou como Casa de Câmara e Cadeia. Também já funcionou com agência dos Correios.

Endereço

Avenida Presidente Vargas, s/nº, Centro, Santa Cruz, Aracruz / ES





Fonte:prefeituraaracruz

Mais informações »